Manifesto filosófico

Os filósofos se limitaram a interpretar o mundo de diferentes maneiras; o que importa é transformá-lo. (Marx e Engels, Teses sobre Feuerbach)

Precisamos de um pensamento filosófico que seja concreto e urgente, que se relacione com aquilo que vivemos e crie novas possibilidades. Ele deve existir para criar problemas, questionar e subverter. Não precisamos nos prender a estudar a história da filosofia — embora isso seja importante — mas devemos ir além e ter “o mundo lá fora” como fonte de inquietações e pensamentos.

Neste sentido, a filosofia deve ser orientada à práxis e à libertação do povo. Mais do que se preocupar em possibilidades transcendentais, deve nos orientar a transformar as circunstâncias da vida.

Anúncios